Bolsonaro pede fim aos bloqueios das estradas no País

Após três dias de protestos nos quais manifestantes da extrema direita bloquearam estradas em diferentes partes do país, o presidente Jair Bolsonaro veio a público nesta quarta-feira (02/11), por meio do canal YouTube da Presidência da República para pedir para que seus apoiadores desobstruíssem as rodovias.

Em mensagem de vídeo, Bolsonaro fez um apelo para que os manifestantes desobstruíssem as estradas. “Isso daí, no meu entender, não faz parte de manifestações legítimas”, disse Bolsonaro. “Então tem que respeitar o direito de outras pessoas que estão se movimentando, além de prejuízo à nossa economia“, afirmou.

Bolsonaro se disse “tão chateado e tão triste” quanto seus apoiadores pela derrota nas urnas, mas pediu que eles tenham “a cabeça no lugar“. “Tem algo que não é legal: o fechamento de rodovias pelo Brasil prejudica o direito de ir e vir das pessoas, está lá na nossa Constituição e sempre estivemos dentro das quatro linhas”, afirmou.

Ele destacou que as manifestações são espontâneas e legítimas, desde que não afetem o direito de ir e vir das outras pessoas. “Proteste de outra forma, em outros locais, que isso é muito bem-vindo, faz parte da nossa democracia.

A PRF informou que o número de estados com estradas bloqueadas caiu para 14 na noite desta terça-feira (2). Desde o domingo (30) grupos bolsonaristas descontentes com a derrota do atual mandatário para Luiz Inácio Lula da Silva, vêm impedindo o tráfego em várias estradas pelo país.

TSE fixa multa de R$ 100 mil por hora por bloqueios de rodovias no País

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) disse ter multado 2,9 mil motoristas que bloqueavam as rodovias. Em último levantamento, até esta quarta-feira (2), o valor total das multas chegou a 18 milhões de reais.

 

Please follow and like us:

Luciana Leão

Leia mais →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × dois =

Twitter
Visit Us
Follow Me
LinkedIn
Share
Instagram