Movimentos Sociais e Ongs querem que a COP 30 seja no Brasil

Depois da confirmação da ida do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à próxima Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas, a COP27, o Fórum Brasileiro de ONGs e Movimentos Sociais para o Meio Ambiente e Desenvolvimento (FBOMS) enviou uma carta ao petista pedindo que o Brasil seja recolocado no centro das negociações climáticas globais. Em outras palavras, que a próxima Conferência do Clima, a COP 30,  em 2025, seja no Brasil.

A participação de Lula na conferência, que ocorre de 6 a 18 de novembro no Egito, foi confirmada na terça-feira (01/11) pela presidente do PT, Gleisi Hoffmann. O convite ao brasileiro foi feito pelo próprio presidente egípcio, Abdel Fatah al-Sissi, que receberá na cidade de Sharm el-Sheikh mais de 90 chefes de Estado. Entre os participantes deverão estar os presidentes dos Estados Unidos, Joe Biden, e da França, Emmanuel Macron.

A carta do FBOMS pede que Lula sinalize a vontade de o Brasil sediar a cúpula climática em 2025. Segundo o sistema de rodízio aplicado na escolha do país-sede, a América Latina e Caribe deverá receber o evento daqui a três anos. “Nossa expectativa (proposta) é de que o vosso governo, desde já, sinalize a disposição do Brasil de sediar a COP30 em 2025, como ato político do compromisso de nossa contribuição significativa aos esforços globais para o enfrentamento da crise climática“, diz trecho da carta do fórum, endereçada nesta quarta-feira (2) tanto a Lula como a seu vice, Geraldo Alckmin.

Mesa de negociações

O Fórum Brasileiro também pede que representantes da equipe de transição de governo de Lula participem de demais cúpulas e tratados internacionais sobre o meio ambiente que ocorrerão ainda neste ano, e que foram deixados de lado pelo Brasil desde 2019, quando Bolsonaro assumiu a Presidência.

A carta destaca a Convenção de Diversidade Biológica, a COP15, que acontecerá de 5 a 17 de dezembro no Canadá, afirmando que o Brasil, “por abrigar expressiva diversidade de espécies e ecossistemas”, “tem o dever e o privilégio de contribuir para a vida no planeta”, e por isso deve voltar a ter participação significativa nas negociações globais sobre biodiversidade.

Embora a conferência da biodiversidade não tenha tanta atenção mundial quanto à Conferência do Clima, a COP15 é de extrema importância para o Brasil devido aos números do desmatamento em todos os biomas, da Amazônia ao Cerrado.

O documento também sugere que o governo de transição participe ativamente da primeira rodada de negociações de um tratado internacional sobre plásticos, que acontecerá no final de novembro no Uruguai, recomendando que o país apresente compromissos de gestão do uso e do destino final de resíduos plásticos.

*Com informações da DW (Deutsche Welle)

Please follow and like us:

Redacao EJ

Leia mais →

One thought on “Movimentos Sociais e Ongs querem que a COP 30 seja no Brasil

  1. COP27: Lula cita "combate sem trégua" a crimes ambientais - Escritório de Jornalismo 16 de novembro de 2022 at 21:01

    […] Movimentos sociais e ONGs pedem que a COP30 seja no Brasil […]

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 2 =

Twitter
Visit Us
Follow Me
LinkedIn
Share
Instagram