Suape Conecta reúne empresários do complexo e lança Relatório de Sustentabilidade GRI-2021

O Complexo Industrial Portuário de Suape realiza, nesta terça-feira (14), entre 9h e 12h, no Cais do Sertão, no Bairro do Recife, a segunda edição do Suape Conecta. O evento foi idealizado para otimizar o relacionamento com as empresas instaladas no território estratégico da estatal. Também é a oportunidade para apresentar as ações e plataformas corporativas e de sustentabilidade implantadas na região, possibilitando a geração de novos negócios em sintonia com o equilíbrio socioambiental. Durante o encontro, será realizada edição do Projeto Tô na Feira, que promove produtores locais da região de Suape, além do lançamento do Relatório de Sustentabilidade no GRI/2021.

A GRI (sigla em inglês para Global Reporting Initiative) é uma organização internacional independente, fundada em 1997, pioneira na criação de diretrizes que conferissem aos relatórios de sustentabilidade a mesma credibilidade e verificabilidade dos relatórios econômico-financeiros. Atualmente, os padrões GRI são adotados por cerca de 75% das 250 maiores empresas do ranking da Fortune 500, com o objetivo de medir o desempenho nas dimensões econômica, social e ambiental.

“O modelo GRI incorpora a metodologia de referência internacional, de forma a tornar ainda mais transparente a geração de valor das práticas e das ações corporativas e as questões nas quais há possibilidade de evolução. Usando os mesmos indicadores de outros portos de classe mundial, Suape poderá comparar a eficiência de suas operações com empresas brasileiras e estrangeiras. Investidores, colaboradores, fornecedores, agentes reguladores, governo, sociedade e todas as partes interessadas nos dados terão à disposição importante ferramenta de avaliação integrada”, explica o diretor-presidente do complexo industrial portuário, Roberto Gusmão.

“Elaborar o relatório nesse padrão nos permite gerir corretamente os indicadores ambientais, sociais e econômicos. A adoção do GRI revela o compromisso de Suape com a transparência. É uma ferramenta construída com a participação dos atores envolvidos no funcionamento do porto, ouvindo as comunidades impactadas diretamente, buscando se expressar abertamente, para que possamos construir soluções coparticipativas para qualquer problema identificado”, acrescenta o diretor de Planejamento e Gestão, Francisco Martins, que fará a apresentação do relatório aos participantes. O GRI digital é um documento composto por 150 páginas, recheado de fotos, gráficos, tabelas e informações sobre o desempenho da empresa em 2021.

Ambiente interativo

As cerca de 250 pessoas convidadas para o Suape Conecta, entre empresários, prefeitos, secretários municipais, representantes do Governo do Estado, Assembleia Legislativa de Pernambuco e jornalistas poderão conferir um ambiente pensado para apresentar as diversas iniciativas desenvolvidas por Suape de forma interativa.

À disposição dos presentes, haverá totem para apresentação das diversas funções do App Suape, a exemplo do monitoramento das operações, notícias sobre o porto e informações sobre projetos. Uma mesa touchscreen permitirá a visualização do território por meio do SuapeGEO, ferramenta que une várias tecnologias como geoprocessamento e geolocalização, consolidando informações sobre o território.

Estímulo aos micro e pequenos empresários

Na ocasião,  o diretor-presidente de Suape, Roberto Gusmão, vai assinar um convênio de encadeamento produtivo entre Suape e o Sebrae. O acordo prevê ações que estimulem a estruturação de micro e pequenos negócios para atuarem como fornecedores das empresas do complexo.

Em seguida, haverá roda de conversa com a participação de Luiz Barros, Roberto Abreu (presidente da Agência de Desenvolvimento de Pernambuco (Adepe) e Jorge Jatobá (economista e sócio-diretor da Consultoria Econômica e Planejamento/Ceplan), sob mediação do engenheiro João Recena, CEO da TPF Engenharia.

Para Roberto Gusmão, o Suape Conecta é uma oportunidade para estreitar o relacionamento com as empresas após as dificuldades impostas pela pandemia de covid-19. “Vivemos um momento de retomada econômica. Acredito que o evento trará aproximação maior com os atores envolvidos no desenvolvimento do porto e da região. Há previsão de grandes investimentos para os próximos anos e, em parceria com o Sebrae, vamos dar melhor suporte para as empresas com a chegada de fornecedores locais”, pontua.

Logo após, haverá o painel “Práticas inovadoras e sustentáveis para a gestão empresarial”, com a participação de Camila Valverde (diretora de Impacto da Rede Brasil do Pacto Global), Francisco Martins e Carlos Cavalcanti (diretor de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Suape), sob a moderação do Articulador do Hub ODS Pernambuco, Renato Raposo. O gestor do complexo, Roberto Gusmão, finalizará o painel, no qual ocorrerá o lançamento do GRI.

Tô na Feira 
O Complexo de Suape aproveitará a oportunidade para divulgar o Projeto Tô na Feira, iniciativa criada para dar visibilidade às comunidades produtoras do território, divulgando e comercializando seus produtos, entre frutas, hortaliças a artesanato.

O Tô na Feira é realizado periodicamente no centro administrativo de Suape. Ao longo do evento, serão exibidos vários vídeos dos projetos socioambientais desenvolvidos por nas comunidades do território estratégico, a exemplo do Suape Incentiva, da Estação Compartilhar, entre outros.

Fonte: Ascom Suape

Please follow and like us:

Redacao EJ

Leia mais →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito + dezenove =

Twitter
Visit Us
Follow Me
LinkedIn
Share
Instagram