Socorro financeiro ajudou Estados

Por Ecio Costa

Segundo estudo da Instituição Fiscal Independente (IFI), ajuda do Governo Federal aos Estados superou perda de arrecadação durante pandemia.

O IFI, órgão ligado ao Senado Federal, apontou que o socorro financeiro transferido pelos cofres da união ajudou a superar a perda de arrecadação em 24 estados da federação com exceção apenas de Ceará, Santa Catarina e São Paulo, que não registraram ganhos acumulados de receita no período de 12 meses até setembro.

Os dados indicam que, em alguns estados, a transferência de recursos superou em dois dígitos o ganho em relação à receita tributária no mesmo período no ano de 2019. O avanço de maior impacto foi observado no Amapá (27,7%), seguido por Roraima (26,1%), Acre (17,8%) e Tocantins (10,9%).

No geral, o orçamento transferido aos estados já superou as perdas em R$ 12 bilhões. O estudo foi conservador, opina o economista e professor UFPE,  Ecio Costa. Não engloba, por exemplo, a suspensão da dívida dos Estados com a União nem os créditos extraordinários para a saúde.

A divisão de recursos da União para os estados foi definida com base na arrecadação do ICMS, no tamanho da população, na cota do Fundo de Participação dos Estados (FPE) e na contrapartida que o governo federal desembolsa para garantir as isenções fiscais nas exportações.

Caso queira ouvir mais acesse a coluna e saiba mais!
https://spoti.fi/2UJiCY4

 

Fonte: @portalg1

Please follow and like us:

Redacao EJ

Leia mais →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 − 2 =

Twitter
Visit Us
Follow Me
LinkedIn
Share
Instagram