PF já investiga suposto vazamento do tema da redação do Enem

O ministro da Educação, Camilo Santana, afirmou que a Polícia Federal (PF) já realizou duas diligências, uma em Pernambuco e outra no Distrito Federal, para identificar os responsáveis pelo vazamento de fotos da prova do Enem após o fechamento dos portões e antes do horário permitido de saída da sala com as provas.

“A PF já está investigando os fatos, inclusive fizeram duas diligências, uma em Pernambuco, onde um proprietário de um conteúdo digital divulgou a imagem, e outra no Distrito Federal.

A polícia está engajada para fazer a investigação e poderá fazer outras diligências nas próximas horas para a gente identificar essa divulgação”.

Manuel Palacios, presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), descartou que servidores públicos do instituto estejam envolvidos no vazamento das imagens na internet antes do horário permitido.

A imagem reproduzida na internet mostra a página 19 do caderno de provas do tipo 3, branco. Na fotografia, há o tema da redação: “Desafios para o enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidado realizado pela mulher no Brasil”, bem como instruções aos candidatos para redigirem a dissertação, como número de linhas da folha, uso de caneta preta e penalidade com nota zero quando houver fuga do tema proposto. A imagem mostra ainda quatro textos de apoio relacionados ao tema proposto.

Prisão por engano

Enquanto fazia o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no Recife, capital pernambucana, no domingo (5), um homem, identificado por Marcos Antonio Gomes da Silva foi preso por policiais civis que adentraram no local da prova.

Ele não conseguiu terminar a prova, foi obrigado a abandonar a sala e encaminhado à delegacia por policiais.

Após os agentes perceberem o erro, ele foi liberado. Marcos Antonio Gomes da Silva tem o mesmo nome e data de nascimento de um suspeito que também se inscreveu para fazer o exame nacional em Pernambuco.

As autoridades haviam identificado anteriormente dois candidatos do Enem com mandados de prisão em aberto no estado, informaram a Polícia Federal (PF) e a Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE) em nota conjunta.

Please follow and like us:

Redacao EJ

Leia mais →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 − 6 =

Twitter
Visit Us
Follow Me
LinkedIn
Share
Instagram