Pernambuco teve redução de 36% nas exportações de maio, em relação a abril

Pernambuco teve uma redução de 36% nas exportações no mês de maio, se comparados ao mês anterior. Mesmo assim, segundo análise da Continentes Consultoria com apoio da Ray Consulting, o montante de US$ 151.275.598 foi o quarto maior da história do estado para o mês de maio, menor apenas que os valores de 2021, 2017 e 2014.

Em volume de importação, o salto foi maior. Pernambuco importou quase 60% superior ao mês de 2021. “Com esses números, a nossa corrente comercial – a soma do que foi exportado e importado- foi a US$ 3.763372, valor 18,47% maior que o mesmo período do ano anterior”, analisou Maurício Laranjeira, consultor empresarial e embaixador para o tema comércio exterior no Sistema Lide -PE.

Na análise realizada para o Sistema Lide-PE,  Maurício Laranjeira ressalta um aumento do déficit da balança comercial – diferença entre o que exportamos e o que importamos -, que atinge o montante de US$ 1.924.276.402, cerca de 37% maior que nos cinco primeiros meses de 2021. Entretanto, no acumulado do ano, as exportações de Pernambuco apresentam um crescimento de 3,34%, e as importações apresentam subida de 24,29%, comparando com o mesmo período de 2021.

Consultor Maurício Laranjeira, da Continentes Consultoria é embaixador do Sistema Lide-PE para o comércio exterior/arquivo pessoal

Tais movimentos, segundo Maurício Laranjeira, estão envoltos em um cenário de preocupação mundial com novos lockdows impostos na China, em maio, especialmente em Shangai, que fechou portos. “Isso acarretou em problemas para a já combalida cadeia global de suprimentos, que prejudicou o transporte de mercadorias, com a falta de containers, além de uma reflexão nas linhas de produção, com a falta de insumos.

Com relação à região Nordeste, Pernambuco ocupa a 4ª posição em total de exportações, ficando atrás da Bahia, Maranhão e Ceará. Nas importações, o estado ocupa o 3º lugar, atrás da Bahia e Maranhão.

Principais produtos

Pelo segundo mês consecutivo, o principal produto exportado por Pernambuco é o PET, produzido no Complexo Industrial e Portuário de Suape. Na segunda posição, observa-se a continuidade de redução das exportações de “fuel oil”- óleo combustível, seguido do coque de petoleo não calcinado e em quarto lugar automóveis com motor explosão, até seis seis passageiros. Uvas frescas e mangas frescas ou secas produzidas no Vale do São Francisco ficaram, respectivamente, na 7ª e 8ª posições. “Importante ressaltar que os dois primeiros colocados são responsáveis por quase metade do valor exportado”, acrescenta o consultor da Continentes.

Com relação às importações, os derivados de petróleo aumentaram sua presença, com vários produtos entre os 30 primeiros colocados, com destaque para os propanos liquefeitos, querosene de aviação e óleo diesel, acompanhados por partes de automóveis, álcool etílico, produtos químicos, trigos e malte, além de painéis solares. “Essa diversidade da pauta importadora, quando comparada com a exportadora, consolida o Estado com o papel de hub importador”.

Singapura e Argentina

Singapura permanece líder como principal destino das exportações pernambucanas. A Argentina mateve-se na segunda posição e os Estados Unidos assumiram novamente a terceira posição, anteriormente ocupada em abril, pelo Uruguai, que passou para a 8ª posição. Dos 10 primeiros destinos dos produtos made in Pernambuco, cinco são latinos.

“Os Estados Unidos continuam na liderança de origem de produtos importados por Pernambuco, com cerca de 38% de tudo o que o Estado compra, com foco em derivados de petróleo e partes automotivas”. China, Emirados Árabes – que desponta, algo não regular, no fornecimento de querosene de aviação-, México, Argentina e Itália. “Importante observar a força dos derivados de petróleo, peças e partes automotivas, painéis solares, trigos, chumbos e produtos químicos.

 

Please follow and like us:

Luciana Leão

Leia mais →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − 10 =

Twitter
Visit Us
Follow Me
LinkedIn
Share
Instagram