Lenine entre as atrações na abertura do FIG

O Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) chega, nesta sexta-feira (21), à sua 31° edição celebrando a diversidade cultural com grandes nomes da música brasileira e das mais diversas linguagens artísticas.

Com o tema inspirado no reisado e no Mestre Gonzaga de Garanhuns, um dos homenageados, ao lado do empresário e incentivador do festival Cyro Ferreira Costa, o FIG também rende tributo ao escritor e desenhista Luís Jardim, que passa a dar nome à Praça da Palavra e este ano rende celebra o poeta pernambucano Miró da Muribeca, falecido em julho de 2022.

Neste mês de férias, o festival é mais uma vez uma grande diversão também para a garotada e seus familiares.

Música e atrações

Entre as atrações nacionais Arnaldo Antunes, Frejat, Baby do Brasil, Pato Fu, Paulo Miklos e O Teatro Mágico se unem a alguns dos maiores representantes dos ritmos pernambucanos como Lenine, Priscila Senna, Nação Zumbi, Mundo Livre S/A, Otto e Geraldo Azevedo, dentre tantos outros.

A cultura reina na cidade serrana do Agreste durante dez dias, se espalhando 20 polos do festival até o próximo dia 30. São 398 atrações culturais. Desse total, 89,70% (357) selecionados pela convocatória são pernambucanos; e 10,30% (41) são de outros estados.

Investimento e novidades

Com um investimento de cerca de R$ 11 milhões do Governo de Pernambuco, o evento representa uma grande parcela do movimento turístico anual da cidade.

Para o FIG 2023, novidades como a criação do Palco Regionalidades e o Polo Pernambuco Lo-Fi, com foco na música autoral produzida no Estado, o mais intimista Palco Coreto das Flores, e o Palco Zé da Macuca (antigo Palpo Pop), voltado às mais diversas expressões musicais contemporânea.

As principais atrações se apresentarão no Palco Mestre Dominguinhos, e a cultura popular estará no Palco Ariano Suassuna. E ainda tem música de qualidade no Palco Instrumental e Conservatório Pernambucano de Música.

Para a presidente da Fundarpe, Renata Borba, é preciso destacar a força da coletividade na construção da programação e na valorização de todas linguagens artísticas, além das oficinas que fazem parte do DNA do FIG.

“Valorizar os artistas da terra, os fazedores da cultura popular e estimular atividades formativas é compromisso da nossa gestão. É uma satisfação imensa poder hoje apresentar a programação deste FIG para vocês, que foi pensada e montada com tanto carinho e com esse olhar celebrativo para a cultura do nosso Estado”, afirma a presidente.

*Confira aqui a programação do FIG 2023

Please follow and like us:

Redacao EJ

Leia mais →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + 2 =

Twitter
Visit Us
Follow Me
LinkedIn
Share
Instagram