Acordo entre Absolar e ABM traz investimentos para municípios

A Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR) e a Associação Brasileira dos Municípios (ABM) acabam de celebrar um acordo de cooperação para expandir a fonte solar nas áreas urbanas e rurais dos municípios espalhados pelo País.

O acordo visa a atrair novos investimentos para os munícios brasileiros, gerar mais empregos e renda para a população e estimular o desenvolvimento de novas oportunidades de negócios para empreendedores, além de ampliar o acesso da energia solar a produtores rurais e prédios públicos.

Dentre as prioridades de trabalho da parceria entre as duas entidades destacam-se: o intercâmbio de informações e a realização de ações para promover assuntos de interesse comum em relação ao desenvolvimento de políticas públicas, programas e incentivos municipais para o aproveitamento da energia solar fotovoltaica nas cidades brasileiras.

O acordo também prevê a identificação de empreendedores do setor solar interessados em investir nas cidades, o compartilhamento de informações sobre o mercado solar de forma nacional e regional, a avaliação de tendências de negócios, o aprimoramento do ambiente regulatório e legal e a cooperação em eventos e ações conjuntas, dentro e fora do Brasil.

Para o presidente executivo da ABSOLAR, Rodrigo Sauaia, o acordo com a ABM amplia a colaboração em prol do desenvolvimento econômico, social e ambiental nos municípios brasileiros. “Com esta parceria, garantimos maior acesso ao uso da tecnologia fotovoltaica pelos consumidores em residências, comércios, indústrias, propriedades rurais e prédios públicos, ajudando na economia na conta de luz, protegendo contra aumentos das tarifas e trazendo maior autonomia e independência elétrica, além de valorizar os imóveis e elevar a sustentabilidade dos consumidores”, aponta

“O setor está bastante otimista com a nova parceria e preparado para contribuir para a recuperação econômica sustentável das cidades brasileiras, ajudando também no atingimento dos compromissos de redução de emissões de gases de efeito estufa”, comenta Ronaldo Koloszuk, presidente do Conselho de Administração da ABSOLAR.

Fonte: Absolar
Please follow and like us:

Redacao EJ

Leia mais →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 4 =

Twitter
Visit Us
Follow Me
LinkedIn
Share
Instagram