A convergência entre tecnologia e esportes

Os novos tempos e a transformação digital nos negócios já revolucionam também o mundo dos esportes.

Recentemente, no vídeo de lançamento do VisionPro foi possível ver como a tecnologia possibilita uma experiência esportiva incrível, com várias telas mostrando o que está acontecendo no campo ou na quadra.

Estatísticas em tempo real, imagens dos jogadores em tamanho real usando realidade aumentada e até mesmo replays dos melhores momentos em uma mesa na frente do sofá.

Essa tecnologia já foi testada em outras ocasiões por outras empresas, como a BT Sport com a MotoGP e a Mooh!Tech com o CHRONUS Sports nas finais do Campeonato Pernambucano de Futebol em 2022.

Mas, as possibilidades vão muito além disso. Atualmente, usamos nossos smartphones para usar aplicativos de realidade aumentada, mas imagine se todas as interações fossem projetadas diretamente em nosso campo de visão.

Isso abre um mundo de oportunidades.

Com o avanço da tecnologia e a redução de custos, mais pessoas terão acesso a dispositivos como o VisionPro. Além disso, a partir da implantação da internet 5G, a conexão será rápida e estável, e muitas startups estarão desenvolvendo aplicativos  exclusivos para dispositivos da Apple, Samsung, Google e outras marcas.

Na prática, como seria essa jornada?

Agora, vamos imaginar uma situação: você é um torcedor do clube xyz e comprou um ingresso para um jogo. Duas horas antes da partida, você coloca sua camisa do time e seus óculos de XR, entra no carro e diz para onde quer ir. 

O sistema de navegação aparece na sua frente, mostrando o caminho com menos trânsito. Durante a viagem, você verifica se há vagas de estacionamento disponíveis e paga antecipadamente.

Quando chega ao estádio, é levado diretamente para a vaga que comprou.

Ao sair do carro, você é direcionado para a entrada do estádio. Seu rosto é reconhecido ou sua camisa tem uma etiqueta especial, e quando você entra, o mascote do time o recebe e pergunta: “Oi, Fulano! Seja bem-vindo! Você quer ir direto para o seu assento ou prefere fazer algo antes?”.

Você responde que está com fome, e são mostradas opções de comida, junto com a distância e o tempo de espera.

Você escolhe um cachorro-quente e um refrigerante, faz o pagamento ali mesmo com seu cartão ou Pix cadastrado e é levado até o local.

Antes disso, você dá uma passada no banheiro para não perder nenhum lance quando o jogo começar. Pega seu cachorro-quente e refrigerante e é acompanhado pelo mascote até o seu assento.

Quando olha para o campo, você vê a escalação do time e a tática sendo exibida no próprio gramado.

Além disso, você pode verificar informações sobre os jogadores do seu time, seus pontos fortes e fracos, quem está machucado ou suspenso e as opções no banco de reservas, antes mesmo do jogo começar.

Depois que a partida começa, você pode ver estatísticas em tempo real, a classificação atualizada, replays de diferentes ângulos e até lances de outros jogos que estão acontecendo ao mesmo tempo.

Uma imersão realista, em todo tempo

No intervalo, você participa de atividades gamificadas promovidas pelos patrocinadores e ganha benefícios que pode usar naquele momento, guardar para depois ou até mesmo compartilhar com outras pessoas, se quiser.

No segundo tempo, seu time vence e, enquanto caminha de volta ao estacionamento, você pode assistir a entrevistas com os jogadores e técnicos em formato tridimensional, como se estivessem bem ao seu lado.

Antes de sair, você assiste aos melhores momentos do jogo em ângulos imersivos dentro do campo ou até mesmo agenda para acompanhar alguns treinos durante a semana, ter acesso a bastidores exclusivos para assinantes ou assistir ao próximo jogo fora de casa como se estivesse sentado no banco de reservas, vendo tudo de dentro do campo. 

Você dá o comando de voz: “Vamos para casa”, e segue o caminho de volta com um guia no seu campo de visão, mas não sem antes passar naquele fast-food que ofereceu uma promoção personalizada porque seu time venceu e sabia que você passaria por ali.

Além das possibilidades

Essa é apenas uma das muitas possibilidades que essa tecnologia imersiva oferece. Alguns podem pensar que isso não combina com a “cultura de estádio” no Brasil, ou que pode tornar o futebol ainda mais elitizado.

No entanto, é importante lembrar que muitas das coisas que descrevi já são feitas com smartphones, e os óculos de XR apenas tornaram essa experiência muito melhor.

Além disso, sempre haverá a opção de não usar nada e aproveitar a ida ao estádio do jeito que você está acostumado.

Há espaço para todos, e é emocionante pensar como a combinação entre tecnologia e esportes pode transformar a experiência dos fãs, oferecendo possibilidades inovadoras e empolgantes no mundo esportivo.

 

*Everton Cruz é CEO da Mooh! Tech, startup franco-brasileira, com sede em Paris, com escritórios em São Paulo, Brasília e Recife. É o idealizador da Plataforma Chronus Sports, com a primeira experiência para os espectadores no Brasil em realidade virtual aumentada dentro de um estádio , com uma imersão em tempo real.

Foto destaque: Ilustrativa/ Divulgação

Please follow and like us:

Everton Cruz

Leia mais →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 − dois =

Twitter
Visit Us
Follow Me
LinkedIn
Share
Instagram