Suape celebra 45 anos com anúncio de ampliação

O sexto atracadouro público mais movimentado do Brasil, o Porto de Suape, planeja sua expansão com 12 novos empreendimentos que irão gerar cerca de 30 mil postos de trabalho e movimentar R$ 45,6 bilhões.

O anúncio foi feito nesta sexta-feira (24),  durante cerimônia de comemoração dos 45 anos do Complexo Industrial Portuário de Suape.

Projetos

Entre os 12 projetos previstos para serem implantados até 2027, está o novo terminal de contêineres, que já prepara o início da instalação do canteiro de obras no terreno de 49,2 hectares vizinho ao Estaleiro Atlântico Sul.

Já para o novo terminal de contêineres da A.P. Moller-Maersk, um dos gigantes mundiais do setor, estão previstos investimentos da ordem de R$ 1,6 bilhão na primeira etapa das obras.

O terminal deverá entrar em operação em 2026. No período da obra, serão gerados 500 empregos diretos e 2 mil indiretos. Quando estiver em operação, o equipamento vai gerar 350 postos de trabalho diretos e 1,4 mil indiretos

Estratégico

Governadora Raquel Lyra ressaltou a importância do Porto de Suape como indutor do crescimento do Estado e para o Nordeste. Foto: Miva Filho

A governadora Raquel Lyra e sua vice, Priscila Krause estiveram presentes à celebração no centro administrativo da estatal, no Cabo de Santo Agostinho, Litoral Sul do Estado.

“O Porto de Suape é estratégico para o desenvolvimento de Pernambuco e do Nordeste brasileiro. Temos trabalhos importantes acontecendo em parceria com o governo federal, que são as dragagens do porto interno e externo, a instalação do novo terminal de containers da Maersk, maior empresa de logística do mundo, além da construção do segundo trem da refinaria Abreu e Lima, que deve gerar em torno de 12 mil empregos. São obras com potencial muito grande de alavancar novos investimentos para Pernambuco e trazer emprego de qualidade”, destacou Raquel Lyra.

Estrutura

Atualmente, Suape abriga 83 corporações em 12 polos de desenvolvimento, gerando 20 mil empregos. Ao longo de quatro décadas e meia, foram injetados R$ 74,5 bilhões em investimentos privados.

Para os próximos quatros anos, o cenário é bastante promissor, já que os novos empreendimentos previstos devem movimentar R$ 45,6 bilhões e gerar cerca de 30 mil novos postos de trabalho.

“Suape é um dos mais importantes ativos econômicos do Nordeste e se notabiliza por ser o mais movimentado do país em granéis líquidos e no transporte de cabotagem, além de ocupar a liderança no transporte de contêineres e de automóveis na região, por meio do nosso hub de veículos”, pontuou o presidente de Suape, Márcio Guiot.

Guiot exaltou algumas conquistas para comemorar. Dos 17,3 mil hectares do complexo, 59% estão inseridos na Zona de Preservação Ecológica. “Esse é um grande diferencial para nos transformarmos, no futuro, num porto verde, com a descarbonização da área e a instalação de novos empreendimentos sustentáveis”, acrescentou Márcio Guiot.

 

 

 

 

 

 

 

Please follow and like us:

Redacao EJ

Leia mais →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 + catorze =

Twitter
Visit Us
Follow Me
LinkedIn
Share
Instagram