Podcast facilita aprendizado para aluno de Direito

A metodologia de ensino mesmo para cursos mais densos como o Direito acompanha as tendências mundiais na educação e passa a contar com uma ferramenta bem conhecida dos brasileiros, o Podcast. Uma série de episódios em áudio com conteúdos informativos, onde o aluno tem acesso durante sua formação na graduação.

Por meio da plataforma Spotify, o aluno vai poder escutar áudios sobre disciplinas e temas da atualidade jurídica, em suas diversas áreas de atuação.

Correspondente Jurídico

Em Pernambuco, a primeira faculdade a aderir à prática é o curso de Direito da FACEN. Para dar início a prática, a primeira série de três episódios tem como temática a atuação do “correspondente jurídico”, um mercado amplo que se abre tanto para estudantes como para profissionais já formados.

A escolha do primeiro tema, o de correspondente jurídico, não foi à toa, segundo explica a professora Eneida Nascimento, advogada especializada em temáticas extrajudiciais e que lança, nesta quinta-feira (19), o primeiro Podcast FACEN.

Fácil e Ágil

Professora e advogada em direito extra-judicial, Eneida Nascimento. Foto: Divulgação

“Há uma lacuna no mercado de trabalho e a figura do correspondente jurídico é pouco conhecida no meio. Muitas vezes, confundida, até como despachantes, o que não é a realidade. No Podcast, o aluno vai se manter informado e ter um aprendizado mais fácil e ágil, sendo feito por professores da casa e dentro de suas respectivas áreas de atuação”, pontua.

Para se ter uma ideia do alcance do podcast na educação e no entretenimento, pesquisa realizada em 2022, com dados da Statista e Ibope, aponta que o Brasil ocupa a terceira posição no mundo de quem mais consome informação por podcast, ficando atrás apenas da Suécia e da Irlanda.

Tecnologia para ensinar

Para o diretor de Inovação e Finanças da FACEN, Aloisio Sotero, a integração da tecnologia e do formato em podcast ao aprendizado diário do aluno, além de tornar prático e mais acessível, também proporciona menos rigidez às disciplinas jurídicas para o estudante.

“O estudante que está em sua casa, em um ônibus, ou qualquer lugar terá acesso ao conhecimento concedido também em sala de aula. Uma biblioteca digital de Direito a serviço do estudante. Diria que o podcast pode ser muito bem utilizado como resumo de aula e orientação de estudos, uma excelente ferramenta. E segue uma tendência mundial que as pessoas estão usando o áudio como aprendizado”, acrescenta Sotero.

Acesso

A nova forma de otimizar e dar mais leveza aos estudos no curso de Direito fará parte da biblioteca Digital da FACEN para alunos do 7º período inserido em todas as disciplinas do Núcleo de Práticas Jurídicas.

O primeiro Podcast sobre a atuação do estudante de Direito como Correspondente Jurídico, entretanto, vai estar disponível para o público em geral pela plataforma Spotify e também no cartão digital disponibilizado aos discentes de Direito.

Network

“O correspondente jurídico dá liberdade para que escritórios com atuação nacional, ou mesmo, internacional possam contratar um estudante de Direito para lhes representar em uma audiência, tirar uma certidão pública in loco, diligências, ou mesmo tarefas mais simples, como cópias de processos. É um ganho extra para o aluno que possui o diferencial de conhecimento das leis. Sem dúvida, a atuação agrega valor ao conhecimento deles, amplia o network para um futuro profissional”, opina a professora que também faz mentoria para jovens advogados.

Please follow and like us:

Luciana Leão

Leia mais →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − oito =

Twitter
Visit Us
Follow Me
LinkedIn
Share
Instagram