Os segredos da Compota do Vale

Em minha estreia no EJ, trago uma história de sucesso de empreendedorismo na cidade de Petrolina, sertão do São Francisco, às margens do Velho Chico, distante 713,5 km da capital, Recife. Vamos falar da Compota do Vale, que surgiu em 2021, durante a pandemia de Covid-19.

A região é fortemente impulsionada pela fruticultura irrigada, sendo um dos principais vetores econômicos do município. Segundo um levantamento realizado em 2022 pela Consultoria Urban Systems e publicado pela Revista Exame, coloca a cidade sertaneja na 17ª posição no ranking das 100 melhores cidades do Brasil para fazer negócios no setor agro.

O pequeno empreendimento percebeu no empreendedorismo uma oportunidade, mesmo diante do cenário pandêmico, e superou os desafios com coragem e otimismo.

O negócio é inovador, sendo conduzido por um jovem casal, Andressa de Jesus e Bruno Lessa. Eles se dedicam à produção de compotas artesanais e livres de conservantes.

Inovações no beneficiamento

Mas o que realmente torna a empresa especial é a forma criativa e única como beneficiam a Manga Palmer (Mangifera indica), e a Pitaya (Hylocereus undatus).

Por meio de um processo cuidadoso, eles combinam essas deliciosas frutas com espumante e vinho branco, conferindo aos produtos um sabor e aroma exclusivos que conquistaram o paladar dos clientes.

A compota de manga com espumante ou vinho branco pesa 185 gramas (peso líquido). Cada embalagem de vidro é cuidadosamente lacrada para garantir a máxima qualidade.

Essa irresistível combinação é o resultado de um processo que une a doçura da Manga Palmer (Mangifera indica), com a elegância e o frescor do espumante ou vinho branco, proporcionando um sabor único e sofisticado.

Compota do Vale com manga , vinho branco e espumante. Foto: Compota do Vale

Já a compota de Pitaya com espumante ou vinho branco apresenta peso de 180 gramas (peso líquido), e também são acondicionadas em embalagem de vidro, garantindo sua qualidade.

A combinação da exótica Pitaya (Hylocereus undatus), com o espumante ou vinho branco resulta em uma experiência sensorial única, trazendo a refrescância da fruta com um toque de sofisticação.

Compota do Vale com Pitaya com espumante ou vinho branco. Foto: Compota do Vale

Parcerias

As matérias-primas utilizadas nas compotas são adquiridas em fazendas de fruticultura e vitivinícolas irrigadas da região.

A Compota do Vale tem como missão unir as riquezas e os sabores da Região do Sertão do São Francisco, fomentando e valorizando a cadeia produtiva da localidade.

Serviço

As deliciosas compotas produzidas pela Compota do Vale estão disponíveis para compra de maneira prática e rápida:

Instagram: @compotadovale;

https://lojaspetrolina.com.br/compota-vale/index.php

Celular/WhatsApp:(87) 9 9818-5256.

 

 

 

 

 

 

 

 

Please follow and like us:

Aluisio Sampaio

Aluísio Sampaio é Doutorando em Ecologia Humana e Gestão Socioambiental pela UNEB. Mestre em Dinâmicas de Desenvolvimento do Semiárido pela UNIVASF. Especialista em Indústria 4.0 pela POLI/UPE e graduado em Computação pela (UFRPE), e Administração (UNOPAR).

Leia mais →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − sete =

Twitter
Visit Us
Follow Me
LinkedIn
Share
Instagram