Observadores internacionais acompanham Censo 2022 no Recife

Uma comitiva de observadores oficiais dos governos de Honduras, México, Equador, Colômbia, e do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), Organização Internacional do Trabalho (OIT) e a Agência Brasileira de Cooperação (ABC), vinculada ao Ministério das Relações Exteriores, além da Unicef foram recebidos na tarde desta terça-feira( 20) pela Aliança Consular do Nordeste, representada pela presidente em exercício e cônsul da Holanda Annelijn W. van den Hoek e a cônsul do México, Iara Dubeux, além do cônsul da Eslovênia, Rainier Michael, na Sala das Nações, na sede da Associação Comercial de Pernambuco, bairro do Recife.

O encontro foi organizado pela cônsul do México, Iara Dubeux e também contou com a presença do secretário Executivo de Relações Internacionais do Governo de Pernambuco, Gilberto Freyre Neto.

A iniciativa do intercâmbio entre países faz parte da programação do programa Observa Censo 2022, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Além do Recife, outras três cidades Belo Horizonte (MG), Florianópolis (SC), Cabo Frio (RJ) recebem até 26 de setembro, representantes de institutos de estatísticas e organizações internacionais de 19 países para participar do Observa Censo 2022.

Trata-se de mais uma ação de transparência e compartilhamento de experiências, metodologias, novas tecnologias e boas práticas em geral que o IBGE vem desenvolvendo ao longo dos anos e que foram implementadas no Censo Demográfico 2022.

Para a presidente em exercício da Aliança Consular do Nordeste (AC-NE) Annemijn W. van den Hoek esse intercâmbio fortalece o elo entre os países da América Latina, Caribe e africanos em torno da excelência de tecnologia implantada pelo Censo 2022, pelo IBGE.

A cônsul do México, Iara Dubeux, referendou as palavras da presidente em exercício da AC-NE. “É uma honra para os representantes consulares participar desse intercâmbio regional entre países e , por meio do Observa 2022, trazer um retrato fiel da situação socioeconômica, geográfica e territorial atual,  para a elaboração de políticas públicas efetivas para a promoção do desenvolvimento sustentável do Brasil”.

Em Belo Horizonte (MG), o Observa 2022  está sendo acompanhado por representantes de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe. Em Florianópolis (SC) com representantes do Chile, Peru e Uruguai. Em Cabo Frio (RJ) com representantes do Sudão, de Trinidad e Tobago, do Senegal, das Bahamas e de Belize.

A vinda dos observadores internacionais é produto de uma parceria do IBGE com o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), a Organização Internacional do Trabalho (OIT) e a Agência Brasileira de Cooperação (ABC), vinculada ao Ministério das Relações Exteriores. Também participam como observadores a Organização Internacional para as Migrações (OIM), o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), o Fundo de Emergência Internacional das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e o Centro Latinoamericano y Caribeño de Demografía (CELADE), da CEPAL.

 

Please follow and like us:

Luciana Leão

Leia mais →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − 14 =

Twitter
Visit Us
Follow Me
LinkedIn
Share
Instagram