Microempreendedores de Pernambuco têm R$ 450 milhões no Banco do Nordeste

BNB reduziu a taxa de juros do Crediamigo em mais de 30%, este ano. A expectativa é que o número de operações cresça no estado

 

O Banco do Nordeste (BNB) está disponibilizando cerca de R$ 450 milhões pelo programa Crediamigo para microempreendedores de Pernambuco.

Os recursos podem ser captados pelos clientes até dezembro e usados na compra de insumos, ferramentas ou mesmo para reforçar o caixa de seus negócios. Cada operação pode captar até R$ 21 mil e o dinheiro é liberado de uma só vez em até sete dias.

Redução da taxa

Segundo o superintendente do BNB em Pernambuco, Pedro Ermírio de Almeida Freitas Filho, a recente redução da taxa de juros do Crediamigo deve impulsionar novas operações no estado.

“Entre julho e setembro, o Banco do Nordeste reduziu a taxa mensal de 3,2% para 2,16%. Representa uma queda de mais de 30%. O impacto para o cliente é superpositivo porque a parcela do empréstimo cai de forma significativa”, explica.

Balanço

Este ano, o Crediamigo já contratou de R$ 470 milhões em Pernambuco atendendo 160 mil microempreendedores.

Esses recursos foram utilizados, em todo o estado, para impulsionar negócios de autônomos, Microempreendedores Individuais (MEI) e até pessoas jurídicas com faturamento inferior a R$ 350 mil por ano.

Pedro Ermírio, superintendente do BNB em Pernambuco.  Foto: Ascom BNB

“O programa Crediamigo é muito procurado porque possui juros baixos e um processo muito simples. Basta o empreendedor ser maior de idade e ter ou querer iniciar uma atividade comercial. Ele nem precisa comprovar experiência na atividade, desde que participe de um grupo cujos demais participantes já tenham experiência. Nossos agentes de crédito avaliam a proposta e dão orientação de como pode tornar viável esse negócio dele”, explica Pedro Ermírio.

O executivo reforça, ainda, o processo totalmente digital como uma facilidade para o cliente. Os contatos podem ser feitos pelo Whatsapp 85 9973 0700.

Formato de operações

As operações são realizadas de forma individual ou em grupos solidários, que são amigos reunidos e que confiam uns nos outros.

“Esta união possibilita o aval solidário, que é a garantia conjunta para o pagamento das prestações”, explica a gerente do Crediamigo em Recife, Elza Marques.

Segundo ela, além de conseguir crédito para o negócio, o microempreendedor também ganha outras vantagens, como abertura de conta corrente gratuita, liberação do crédito de uma só vez e acesso à orientação empresarial.

Entre os negócios informais que podem contratar crédito pelo Crediamigo estão ambulantes, vendedores em geral, marcenarias, sapatarias, carpintarias, artesanatos, padarias, produções de alimentos, lanchonetes, feirantes, pequenos lojistas, vendedores de cosméticos, salões de beleza, oficinas mecânicas, borracharias e muitos outros.

Fonte: Ascom BNB

Please follow and like us:

Redacao EJ

Leia mais →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + doze =

Twitter
Visit Us
Follow Me
LinkedIn
Share
Instagram