Fóssil de dinossauro não voador com penas será repatriado

Ubirajara jubatus viveu há 110 milhões de anos na região do Cariri, no Ceará. Com o tamanho de uma galinha, o fóssil é o primeiro dinossauro não voador com penas encontrado na América Latina. Ele estava em um museu na Alemanha. Foram necessários anos de negociações para que o governo alemão determinasse o retorno do fóssil ao Brasil.

A legislação brasileira considera que os fósseis são bens da União, não podem ser comercializados e só podem ser exportados com autorização. As devoluções de fósseis brasileiros retirados de forma ilegal começaram recentemente e a expectativa é que agora se tornem frequentes, como destaca o professor de paleontologia da Universidade de Brasília Rodrigo Santucci.

Ubirajara jubatus vai retornar a seu habitat e fará parte do acervo do Museu de Paleontologia Plácido Cidade Nuvens, em Santana do Cariri, no Ceará. A cerimônia de repatriação vai ser nesta segunda-feira (12), uma conquista do povo brasileiro na avaliação de Allysson Pinheiro, diretor do museu.

O Museu de Paleontologia Plácido Cidade Nuvens recebe em média dois mil visitantes por mês e pertence à região do Geoparque do Araripe, entre os estados do Ceará, Pernambuco e Piauí, conhecida como centro paleontológico.

Please follow and like us:

Redacao EJ

Leia mais →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − nove =

Twitter
Visit Us
Follow Me
LinkedIn
Share
Instagram