Nos negócios, “tamanho não é documento” | Aloisio Sotero

*Aloisio Sotero 

Este belíssimo livro de Malcolm Gladwell “Davi e Golias, a arte de enfrentar gigantes” cheios de metáforas, lições preciosas, nos ensina muito sobre gestão e marketing.

Nessa revisita ao livro, após minha primeira leitura há seis anos, incluo uma experiência interessante e inovadora: pela primeira vez, acrescento observações adicionais e comentários que encontrei no ChatGPT do Openai. Avalio que enriqueceu a resenha do Livro de Malcolm Gladwell, revisitada agora.

Em meu ponto de vista, o ChatGPT será de grande valia para as mentes criativas e ampliará o nosso potencial como “humanos”. Dou as boas vindas de forma efusiva ao uso da IA. Como apliquei aqui para enriquecer essa resenha criando novos nexos!

Sem dúvida, podemos ser mais e mais criativos! E usar, cada vez mais, o “nexialismo” pela nossa capacidade de dar sentido e nexo ao que pensamos, escrevemos, interpretamos. Até porque a IA não faz “sinapses”, como lembram os especialistas em neurociências.

A primeira parte via ChatGPT 

É um livro que explora o conceito de desvantagem e como ela pode ser transformada em uma vantagem. Na primeira parte do livro, Gladwell apresenta a história bíblica de Davi e Golias, que é a inspiração para o título do livro“, comenta o Chat GPT da Openai.

Aprendizados de uma vida

Alguns ensinamentos de Malcolm Gladwell permanecem até hoje em minha vida profissional, como se fosse um “tic tac” para me lembrar: “Nunca enfrente um concorrente com as mesmas armas que ele lhe ataca!” lembra e destaca Gladwell. Um potente mantra que devemos sempre ter em mente.

Malcolm Gladwell é um dos autores que sempre me inspira. Colunista da revista The New Yorker, desde 1996, escreveu também “O ponto da virada”, “Fora de série Blink”, best-sellers do The New York Times. Foi repórter do The Washington Post, cobrindo negócios e ciências. Nasceu na Inglaterra e hoje mora em Nova York.

As artimanhas de Davi

No livro, Davi era fortíssimo com suas artimanhas! Um excêntrico fundibulário experiente e poderoso. Mas, essa característica não estava presente no gigante Golias! Davi redesenhou um campo de batalha novo para seu concorrente. Vejam que lição fantástica!

Redesenhe seu campo de batalha novo para surpreender seu concorrente. Simples assim! Crie ofertas diferentes com novas visões e objetivos e, certamente, seu concorrente terá dificuldades de usar, como por exemplo, o seu menor custo fixo como uma vantagem ou capacidade ociosa.

Ser pequeno pode trazer vantagem que o crescimento lhe rouba como o aumento da necessidade de capital de giro. Defina o seu tamanho competitivo, recomendo sempre.

Em Davi e Golias, Malcolm Gladwell desafia nossas crenças sobre obstáculos e desvantagens, oferecendo uma interpretação nova do que significa ser discriminado, enfrentar uma deficiência, perder pai ou mãe, frequentar uma faculdade medíocre ou sofrer uma série de outros aparentes reveses.

Nesse contexto, segundo o Chat GPT, “Davi não era um azarão, mas sim um indivíduo inteligente que aproveitou a sua desvantagem para derrotar Golias. Ele usou sua habilidade e agilidade para superar a força e armadura de Golias“.

O segredo escondido na sua aparente fragilidade

Em outras palavras, a mensagem é simples: Faça da sua aparente debilidade, sua fortaleza; crie a sua estratégia própria. Assim aprendi com a leitura desse poderoso livro que me inspira nas estratégias de negócios vitoriosas

Por mais difícil que pareça ser nunca devemos aceitar as armas dos gigantes do mercado, nem na oferta nem no modelo de negócios, nem no seu sistema de pricing, muito menos nas suas regras de descontos, assim aprendi com a leitura desse livro que revisito sempre.

Essa é a minha orientação como mentor de negócios e que tenho me dedicado nos últimos anos. Recomendo vivamente essa leitura!

A segunda parte do livro

Agrego a essa revisita, na segunda parte do livro, uma observação que Gladwell relata sobre o tamanho das salas de aula. Em sua opinião, salas menores e presenciais proporcionam uma melhor aprendizagem. Confesso que comprovei essa visão como diretor de uma faculdade.

Uma observação e comentário que pude agregar por meio de nossa pesquisa com a Openai referem-se à terceira parte do livro, que traz “os exemplos de como a luta pelos direitos nos Estados Unidos foi liderada por jovens, mas que foram capazes de transformar mesmo com sua inexperiência uma vantagem ao desafiar as convenções”, diz o Chat GPT.

Recomendo a leitura desse livro, lembrando que, à luz do dia, travamos essa batalha de Davi x Golias sempre. Creio que será inspiradora e criativa.

*Aloisio Sotero é professor de Gestão de Negócios e Precificação, vice-diretor da Faculdade Central do Recife e membro associado do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC). Nessa resenha, com a participação especial do ChatGPT da Openai.

Escreve mensalmente a coluna Vale a Leitura para o portal Investnews e é nosso parceiro aqui no EJ.

Coluna originalmente publicada no portal da Investnews, nesta quarta-feira (22/02).

 

Please follow and like us:

Redacao EJ

Leia mais →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um − 1 =

Twitter
Visit Us
Follow Me
LinkedIn
Share
Instagram