Noronha participa do movimento mundial Cleanup Day com mutirão na Praia do Porto

Foram recolhidos 64 kg de resíduos sólidos, a maioria partículas de plástico, em uma atividade de conscientização sobre a importância de manter o planeta limpo

 

Administração de Fernando de Noronha, através da Superintendência de Infraestrutura, Obras e Meio Ambiente, participou, neste sábado (16), do Dia Mundial da Limpeza (Cleanup Day), com um mutirão que aconteceu na Praia do Porto.

Essa iniciativa ocorre em 191 países, simultaneamente, e, em Noronha, o objetivo específico foi o de recolher resíduos sólidos descartados na praia, incluindo o lixo marinho.

Vários moradores e instituições participaram da iniciativa. Foto: Ascom

Objetivo

Organizado pelo movimento global Cleanup Day, essa ação simbólica de um dia reúne milhões de pessoas em todo o mundo como forma de conscientizar a população sobre a importância de manter o planeta limpo.

Presente na ação, a administradora da ilha, Thallyta Figuêroa, destacou ser um momento de reflexão sobre a importância de preservar esses lugares, principalmente para pensar no futuro, de modo a torná-lo ainda mais sustentável.

“Hoje é um dia para que nós possamos repensar as nossas ações aqui na ilha de Fernando de Noronha, para que a gente repense ao longo de todos os outros dias do ano, mas, sobretudo, para fazermos com que as pessoas reflitam a importância não só do nosso belo pedaço de terra, mas de todo o planeta. Hoje é um dia para colocarmos em prática aquilo que falamos tanto no discurso de preservação e sustentabilidade, afirmou Thallyta”.

A educadora ambiental, Fabiane Vilela, participou da ação e destaca que grande parte desse resíduo vem da ilha mesmo, pois é gerada por frequentadores das praias, e os microplásticos chegam através das correntes marinhas, tornando-se, hoje, o vilão dos oceanos por ser muito prejudicial.

“O intuito do Dia Mundial da Limpeza é chamar atenção para essa questão dos resíduos plásticos do planeta, para que as pessoas se sensibilizem, usem menos plástico no seu dia a dia ou, se utilizarem, que façam a coleta seletiva e os encaminhem para o local correto, para não ficar solto na natureza”, disse Fabiane.

Foram recolhidos vários resíduos, em especial, plásticos, bitucas de cigarro. Foto: Ascom

A iniciativa teve a participação da Marinha do Brasil, Polícia Federal, voluntários da Universidade Federal Rural de Pernambuco, representantes do Minuto Noronha e de estudantes da Erem Arquipélago, todos engajados na coleta dos resíduos, que incluíram plástico, potes, tampas de garrafa, resinas, cordas, bituca de cigarro, entre outros.

 

Please follow and like us:

Redacao EJ

Leia mais →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 1 =

Twitter
Visit Us
Follow Me
LinkedIn
Share
Instagram