Marina Silva enfatiza que proteger o meio ambiente é salvar vidas

No Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado nesta quarta-feira, 5 de junho, a ministra Marina Silva alertou que a intensificação de deslizamentos, inundações, secas, processos de desertificação anunciam dias difíceis, sobretudo para as famílias mais vulneráveis.

 

A ministra enfatizou que proteger o meio ambiente é salvar vidas, garantir o bem viver para ribeirinhos, pequenos comerciantes, moradores das periferias, comunidades tradicionais e pessoas que vivem em áreas de risco.

 

Em pronunciamento de rádio e TV, Marina Silva reafirmou que tragédias como as que ocorreram no Rio Grande do Sul exigem engajamento e solidariedade da sociedade para evitar que situações parecidas se repitam.

 

E criticou os que duvidam da relação entre a ação do homem com a reação da natureza.

 

Ela adiantou que o Plano Nacional para o Enfrentamento da Emergência Climática está quase concluído. O plano vai estruturar a capacidade do governo para lidar com o pré-desastre, fortalecendo ações de análise de risco, prevenção e preparação.

 

Segundo Marina Silva, o momento aponta claramente para uma mudança de rumos, com tecnologias sustentáveis e energias não poluentes.

 

Ela ainda avaliou que os próximos anos serão dedicados a ações de proteção e recuperação da biodiversidade, com a criação de novas unidades de conservação, uso sustentável de florestas, recuperação de áreas degradadas e combate ao desmatamento e incêndios.

 

 

*Com informações da Agência Brasil

Please follow and like us:

Luciana Leão

Leia mais →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 2 =

Twitter
Visit Us
Follow Me
LinkedIn
Share
Instagram