BNB contará com R$ 37,8 bilhões do FNE para aplicação em 2024

O Banco do Nordeste (BNB) terá R$ 37,8 bilhões do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) para aplicação em toda a sua área de atuação em 2024.

Os recursos serão destinados ao financiamento de atividades produtivas de todos os setores da economia, como forma de estimular o desenvolvimento regional.

A programação do Fundo Constitucional para 2024 está R$ 3,2 bilhões (equivalentes a 9,25%) acima do total inicialmente previsto para 2023 (R$ 34,6 bilhões).

Mesmo considerando o aumento de disponibilidade de recursos para o atual exercício, ocorrido no primeiro semestre, o valor projetado para o próximo ano mantém o patamar de investimento em torno de R$ 38 bilhões.

Segundo o diretor de Planejamento do BNB, Aldemir Freire, a discussão com setores produtivos é importante devido à expectativa de atividades que devem requerer mais recursos nos próximos anos.

“Visualizamos uma década de expansão significativa de investimentos na Região, não só nas áreas tradicionais como comércio, serviço, agricultura e indústria tradicional, mas também na manutenção da geração de energias limpas, eólica offshore, transmissão, hidrogênio verde, saneamento e logística. Isso implica no desafio de sermos ainda mais assertivos no nosso planejamento”, afirma.

Pernambuco

As aplicações do FNE em Pernambuco, entre janeiro e julho deste ano, somaram R$ 2,8 bilhões. O resultado é 32% superior ao registrado no mesmo período de 2022.

Segundo o superintendente do BNB no estado, Pedro Ermírio, a elevação nas contratações do Fundo se deve ao esforço em apoiar atividades de grande impacto na geração de emprego e renda.

“São cadeias produtivas estratégicas, a exemplo da agricultura familiar, que têm efeito imediato na dinâmica econômica e melhoram a qualidade de vida da população, que é o grande papel que o BNB procura exercer”, afirma.

Em toda área de atuação do Banco, as aplicações do Fundo ultrapassaram os R$ 24 bilhões nos sete primeiros meses do ano. Na comparação com o mesmo período de 2022, houve uma alta de 23%.

Os recursos do FNE ajudaram a estimular, este ano, novos negócios em toda área de atuação do Banco do Nordeste. Entre os setores apoiados, destacam-se infraestrutura, com R$ 7,5 bilhões, agricultura (R$ 5,9 bilhões), pecuária (R$ 3,8 bilhões) e indústria (R$ 1,8 bilhão).

Please follow and like us:

Redacao EJ

Leia mais →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × cinco =

Twitter
Visit Us
Follow Me
LinkedIn
Share
Instagram