Novo alerta para chuvas, nesta sexta-feira, em Pernambuco

Sexta-feira começa com novo alerta da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) e prevê que o acumulado de chuvas esperado para junho de 2022 deve ultrapassar a média histórica para o mês, de 337,6 milímetros na Região Metropolitana do Recife.

As fortes chuvas que atingiram o Recife e municípios da Região Metropolitana e da Zona da Mata Norte, em maio, já haviam sido alertadas pelo órgão, desde abril, e devem permanecer para junho, julho e agosto, alertam os meteorologistas em comunicado. As médias históricas de precipitação são de 291 mm, 337,6 mm, 314 mm e 176,9 mm, respectivamente.

Até a publicação deste post, 126 pessoas morreram decorrente das precipitações ocorridas desde o dia 23 de maio, em Pernambuco, segundo informou, nesta quinta-feira (2), a Defesa Civil do estado.

O número de desabrigados subiu para 9.302 pessoas, que estão alojadas em 111 instituições de 27 municípios. No total, 31 municípios decretaram estado de emergência e 51 tiveram algum tipo de prejuízo em consequência das chuvas.

Os municípios que já decretaram emergência são Cabo de Santo Agostinho; Camaragibe; Goiana; Jaboatão dos Guararapes; Macaparana; Moreno; Nazaré da Mata; Olinda; Paudalho; Paulista; Recife; São José da Coroa Grande; São Vicente Ferrer; Timbaúba; Abreu e Lima; Araçoiaba; Igarassu; Aliança; Glória do Goitá; Vicência; Bom Jardim; Limoeiro; Passira; São Lourenço da Mata; Pombos; Palmares; Sirinhaém; Lagoa do Carro; Tracunhaém; Chã Grande e Escada.

*Com informações da Apac, Defesa Civil de Pernambuco e Agência Brasil 

 

 

Please follow and like us:

Redacao EJ

Leia mais →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 4 =

Twitter
Visit Us
Follow Me
LinkedIn
Share
Instagram